Afinal por que alguém precisa de Coaching?

Eu poderia começar falando de Bill Gates, Steve Jobs, Barak Obama entre outros, mas essa não é a minha e talvez nem a sua realidade. Então, vou começar explicando o que o coaching traz para minha vida e as mudanças que eu tive.

Mas, antes de mais nada vem a pergunta: você sabe o que é coaching? Se sabe, pode pular o próximo parágrafo e continuar a leitura.

Coaching é um processo de autoconhecimento e autodesenvolvimento que tem o propósito de auxiliar uma pessoa ou grupo de pessoas a atingir um determinado objetivo. Sim, coaching é focado em um objetivo, não é algo místico nem esotérico e que aborda conceitos de planejamento, disciplina, organização, autocontrole, entre outros.

Sou capricorniano, metódico, praticamente um expert em planilhas excel; então porque eu precisaria de alguém para me ajudar a planejar?

Por ser metódico e perfeccionista, não sabia lidar bem com acontecimentos que fugiam ao meu controle, não aceitava bem erros (nem os meus nem os das pessoas com quem trabalhava), colocava uma carga de responsabilidade enorme e de autocrítica que me exigia um grau de excelência que nunca era o suficiente e isso me jogava pra baixo.

O resultado? Me afastei da minha família, me afastei dos amigos, me afastei de mim, e ao fazer isso, não percebi que, inconscientemente estava entrando no “piloto automático”, um mal que atualmente toma conta de grande parte da população.

Quando, enfim, conheci o coaching, minha primeira impressão era de que alguém ia querer me dizer como fazer o meu trabalho, o que eu deveria melhorar, seria aquele blá, blá, blá de autoajuda. Quebrei a cara.

Para mim, a mágica do processo de coaching foi simples, como se alguém tivesse me colocado para olhar um filme sobre a minha vida e, com uma séria de perguntas, dinâmicas e ferramentas, me fizesse chegar às conclusões do que me levou a cada uma das minhas decisões e ter uma clareza de propósito e de vida que nunca tive antes.

Aprendi sobre os meus valores e porque eles influenciavam as minhas decisões, descobri o meu perfil comportamental e de liderança, e isso foi fundamental para o meu crescimento. Foi um tapa na cara quando descobri minhas crenças limitantes, mas agora, pelo menos, eu as conhecia, era MINHA responsabilidade resolvê-las. Sim, o coaching é um processo de nascimento de um PROTAGONISTA, um líder da própria vida.

Então, se você quer entender porque eu e milhares de pessoas possuem um coach, basta responder a seguinte pergunta:

Quando foi que você dedicou um tempo exclusivo para pensar sobre os seus objetivos, seus valores, suas crenças, sua missão, planejando e executando mudanças sem voltar atrás?

Se você não sabe responder, você se encontra onde eu estive há alguns anos atrás…

O processo de coaching é como se alguém estivesse desembaçando um espelho para que você se veja melhor.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments