Pular para o conteúdo

Planejamento para metas alcançáveis em 2024

Sem mais desculpas Planejamento para metas alcançáveis em 2024

No artigo de hoje, vou abordar o terceiro maior obstáculo para aqueles que desejam alcançar suas metas, objetivos e até mesmo desejos: a falta de planejamento e acompanhamento. Essa ausência compromete a visão clara do que precisa ser feito e do motivo pelo qual você iniciou, resultando em iniciativa no início, mas uma queda gradual de energia ao longo do tempo, levando eventualmente ao abandono.

Utilizando a metáfora do xadrez apresentada no primeiro artigo, é como se você conhecesse seu objetivo, mas após mover as primeiras peças, perdesse a visão dos próximos movimentos, desinteressando-se pelo jogo.

Para tornar isso mais compreensível, divido o tema em quatro pontos: Definição, Planejamento, Execução e Monitoramento.

Sei que pode parecer entediante, e pode dar a impressão de tornar os objetivos mais burocráticos, o que, certamente, desmotiva muitas pessoas. Entretanto, é justamente por esse motivo que muitas falham em cumprir suas metas até o final do ano. Então, mesmo que pareça chato, aja.

Você verá que reclamar e achar chato dói mais do que realmente fazer. Então, pare de inventar desculpas para não atingir seus objetivos e siga rigorosamente os passos este ano para obter os resultados desejados.

Definição

O primeiro passo é a definição clara de sua meta ou objetivo. Aqui, você fornecerá as informações mais importantes para transformar sua meta de algo inspirador para algo concreto.

Vamos usar o exemplo do primeiro artigo: “Quero emagrecer para melhorar meu relacionamento com minha esposa e restabelecer a conexão que tínhamos quando namorávamos.”

Aqui, temos uma visão clara do propósito com emoção, mas falta detalhamento sobre como alcançar, quanto tempo levará. Sem essas informações, a pessoa pode perder o interesse no meio do caminho.  Eu costumo usar o modelo SMART para definir as metas:

Específico (S – Specific)

A meta é precisa e define claramente o que você deseja alcançar. Em vez de um objetivo vago como “perder peso”, a meta é mais precisa ao estabelecer a quantidade específica de peso a perder ou o peso desejado.

Exemplo: “Perder 5 quilos” ou “Chegar a 70 Kg”.

Mensurável (M – Measurable)

A meta é mensurável, permitindo que você quantifique e acompanhe o progresso. Ao focar em perder 5 quilos, você tem uma medida tangível para avaliar o sucesso.

Exemplo: “Perder 5 quilos” ou “Chegar ao IMC de 25”.

Atingível (A – Achievable)

A meta é realista e alcançável, definindo um objetivo viável. Estabelecer um prazo de 5 meses, incluindo uma abordagem de dieta equilibrada e exercícios, mostra que é uma meta factível.

Exemplo: “Perder 5 quilos em 5 meses, com uma dieta equilibrada e exercícios regulares.”

Relevante (R – Relevant)

A meta é relevante para você, tem um propósito claro e emocional que impacta positivamente na sua vida e nos seus relacionamentos.

Exemplo: “Perder 5 quilos para melhorar minha autoestima e reavivar o relacionamento com minha esposa, tornando nossos momentos juntos mais felizes.”

Temporal (T – Time-bound)

A meta é temporal, incluindo um prazo definido. Ter uma data de conclusão cria um senso de urgência, responsabilidade e facilita o planejamento e monitoramento.

Exemplo: “Perder 5 quilos em 5 meses, com uma dieta equilibrada e exercícios regulares.”

Perceba que definir a meta no modelo SMART não é tão burocrático quanto parece. Você acabou de criar uma meta em menos de 5 minutos. Comece hoje e coloque suas metas nessa estrutura, dando mais um passo para alcançá-las.

Planejamento

Após a definição, é hora do planejamento. Não adianta ter uma meta clara se você não definir os passos necessários para alcançá-la. Este é o momento que demanda mais tempo e proporciona mais clareza sobre o que precisa ser feito.

Usando o exemplo anterior de emagrecer 5 quilos em 5 meses por meio de exercícios e alimentação saudável, você precisa responder ao COMO. Como você vai fazer isso?

Por exemplo:

  • Me inscrever na academia, para estabelecer uma rotina de exercícios, até 15 de janeiro.
  • Marcar a nutricionista, para ter uma dieta equilibrada, até hoje.
  • Marcar o cardiologista, para saber se posso fazer exercícios sem riscos, até hoje.

Esses são os primeiros passos do seu planejamento, e muitos outros podem surgir a partir deles. Suponhamos que você decida incluir corrida diária como parte do seu plano:

  • Correr 1 km por dia no primeiro mês.
  • Correr 2 km por dia no segundo mês.
  • Correr 3 km por dia até o quinto mês.

Você pode planejar e acompanhar cada detalhe, verificando se está ou não alcançando seus objetivos.

Conclusão

Lembre-se de que mencionei que um dos meus desafios para este ano era correr 365 km. Isso é para melhorar minha saúde cardiovascular devido à minha tendência a pressão alta.

No planejamento, tenho os seguintes passos:

  • Correr em média 1 km por dia, totalizando 365 km.
  • Correr 5 km em 40 minutos.
  • Participar do circuito das estações, que são 4 corridas no Aterro do Flamengo, aqui no Rio de Janeiro.

Estou fazendo tudo de forma incremental, inicialmente não conseguia correr 1 km, corria 500 metros e caminhava o resto; hoje em dia, já consigo correr 1,3 km em 10 minutos. No entanto, meu objetivo é alcançar os 40 minutos, por isso estou gradualmente melhorando. Na próxima semana, teremos mais um artigo para concluir a execução e o monitoramento, realizando uma revisão geral para que você não tenha mais desculpas para não alcançar seus objetivos em 2024.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Facebook
YouTube
LinkedIn
Instagram